publicado:
10/09/2019 10h07


última modificação:
10/09/2019 10h11

A Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal deflagraram hoje (10/09) a 65ª Fase da Operação Lava Jato, denominada Operação “Galeria”.

Nesta fase apura-se especificamente a prática de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no período compreendido entre os anos de 2008 e 2014, envolvendo a Petrobras Transporte S.A – TRANSPETRO, subsidiária da Petrobras, dedicada ao transporte e a logística de combustível no Brasil, e contratos relacionados à construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

A presente operação é derivada de acordos de colaboração premiada e de provas obtidas em operações anteriores que revelaram o uso de complexas estruturas para lavagem de dinheiro, engendradas para propiciar o pagamento de recursos ilícitos a agentes públicos, mediante a intermediação de operadores financeiros.

Esta fase da operação objetiva apreender provas adicionais da prática de crimes de corrupção, contra o sistema financeiro, relacionados à lavagem de dinheiro e à associação criminosa dos investigados.

Participam, pela Receita Federal, 18 Auditores-Fiscais e Analistas -Tributários que, desde a madrugada, atuam nas cidades de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro na execução de parte de 11 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba, que estão sendo cumpridos nestas cidades.

Maiores detalhes serão repassados em coletiva à imprensa com a presença de representantes dos órgãos que atuam na operação, às 10 horas, na sede da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba – PR.

Fonte Oficial: Receita Federal

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.