Belusci fala que a empresa buscou realizar vendas diretas e aprimorar a comunicação via WhatsApp
(Arte: TUTU)

A rede de sapatarias Di Pollini atravessou muitas crises desde a criação, em 1974, mas a mais recente, reflexo do covid-19, trouxe novos aprendizados, como conta Pompeu Belusci, sócio da Di Pollini, no podcast Mercado & Perspectivas, da FecomercioSP.

“Vimos que o e-commerce funciona, respondendo muito bem e rápido quando o cliente enxerga uma oportunidade, como um preço diferenciado, sendo que isso aconteceu num primeiro momento da pandemia. Depois, as lojas voltaram a abrir. Decidimos, então, procurar outros canais, mesmo com as lojas físicas abertas”, afirma.

Saiba das ações de outros empresários para lidar com a crise
Identificação de produto adequado ao perfil de consumidora abre espaço para inovação
Atuação de franqueado do ramo de chocolate muda em meio à pandemia
Avanço da tecnologia permite uso de inteligência artificial em varejo de moda

Na gravação, Belusci fala que, para minimizar as perdas nas vendas, a empresa buscou realizar vendas diretas, aprimorar a comunicação via WhatsApp, e lançar coleções exclusivas. Tudo isso impactou nos negócios das 13 lojas da rede que se localizam nas cidades de São Paulo e Campinas, além do Distrito Federal.

Ouça o podcast.

O programa também está disponível no Spotify e no Apple Podcasts.

 

Fonte Oficial: FecomercioSP

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.