Sabemos que a questão da privacidade é algo que ainda precisa ser muito trabalhado – principalmente no que diz respeito a fãs de cantores, artistas, YouTubers e outras celebridades. Por exemplo: não seria extremamente desrespeitoso ter fãs alucinados em momentos que deveriam ser privados à família destes artistas?

Pois é, foi isso que aconteceu com Ethan e Grayson Dolan, os gêmeos de 19 anos de idade que estouraram na antiga plataforma Vine e, atualmente, possuem milhões de inscritos em seu canal do YouTube chamado “Dolan Twins”. Os irmãos tiveram que pedir em suas contas do Twitter para que os fãs não fossem ao funeral de seu pai, uma vez que a cerimônia seria uma oportunidade para que as pessoas próximas pudessem se despedir.

 

Eles tiveram que se pronunciar em função de informações a respeito da cerimônia circulando na web, onde era detalhado uma espécie de plano para encontrar com os YouTubers no funeral: o arquivo apresentava uma lista com alguns passos, onde o primeiro era que um grupo se encontrasse em um McDonald’s, se arrumasse no quarto de hotel do organizador, fosse ao funeral e prestasse as condolências a Sean Dolan indo ao caixão, segurando sua mão – e, de preferência, chorando, conforme mencionado no texto.

Diversos fãs do trabalho dos Dolan fizeram posts apontando o absurdo da situação e pedindo respeito por parte do público. Contudo, mesmo assim, usuários maliciosos surgiram divulgando promoções e hashtags – por exemplo, eles diziam que a rede Taco Bell ofereceria uma limusine para transportar os fãs até o local da cerimônia, e os 50 primeiros a chegar receberiam uma camiseta. A suspeita é que fãs de de K-pop sejam responsáveis pelas mensagens, já que, há algum tempo, Grayson fez comentários debochados de artistas coreanos que trabalham até a exaustão em um vídeo. Diversos fãs ficaram ofendidos, de modo que ele declarou em sua conta do Twitter que esperava mudanças positivas para os artistas de todas as indústrias.

Fonte Oficial: TecMundo.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.