As vendas de papelão ondulado utilizado em embalagens – caixas, acessórios e chapas – diminuíram 14,9% em junho ante igual mês do ano passado, de acordo com dados da Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO), para 276.140 toneladas. Na comparação com maio, o dado representa uma retração de 9,74%.

Com dois dias úteis a menos em relação a junho do ano passado, a produção por dia útil caiu 7,8%. Em nota, a entidade explica que a queda está relacionada à comparação com o período base. “Em 2018, após a greve dos caminhoneiros em maio de 2018, houve um forte aumento na expedição de papelão ondulado em junho, compensando as perdas geradas pela paralisação”, observa a ABPO.

Considerando os dados dessazonalizados, a expedição de papelão ondulado caiu 2,3% em relação ao mês de maio, para 286.989 toneladas. Este é o menor resultado desde maio de 2018 (233.265 toneladas). A expedição por dia útil nos dados sazonalmente ajustados foi de 11.957 t/d.u.

No acumulado do segundo trimestre, a expedição de papelão ondulado cresceu 2,84% sobre igual período do ano anterior. Com ajustes sazonais, porém, o volume expedido registrou queda de 1,8% na mesma base de comparação.

Fonte Oficial: EM.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.