(Foto: Reprodução)

O site da Unick Forex está fora do ar desde as 8h30 da manhã desta sexta-feira (01). Quem tenta entrar na empresa se deparara com o aviso de que estava “em manutenção com os servidores” e que a equipe de TI resolveria o mais breve possível o problema. Quase 10 horas depois, a situação segue a mesma.

Após o fechamento de um escritório no interior do Rio Grande do Sul e da investigação do Ministério Público Federal, os diretores resolveram fazer uma Live no canal deles do Youtube, na noite de quinta-feira (28).

Ao vivo da Unick Forex

Na noite anterior da retirada do site do ar, a Unick Forex promoveu uma “live” em seu canal no Youtube na qual muito se falou, mas quase nada de substancial foi dito. À mesa, só a alta cúpula da corporação.

O presidente Leidimar Lopes estava acompanhado de seus diretores, Danter Silva (de marketing) e Fernando Lusvarghi (do jurídico), além do assistente administrativo Felipe Martins.

Muito se falou em produto, mas não se especificou o que era exatamente esse tal objeto. Silva disse que o produto era conhecimento e que o “valor não está no produto, mas na riqueza e transformações”.

Lusvarghi afirmou que o produto que eles oferecem é “um conteúdo periódico” e que era “100% lícito e legal”, mas, por outro lado, afirma que a empresa oferece comissão direta e indireta na divulgação da marca.

A conversa foi um tanto contraditória. Enquanto que Lusvarghi disse que a empresa não lida com investimentos e que isso é um equívoco; Silva afirmou que entrega conhecimento para que as pessoas continuem “estudando o mercado financeiro”.

Não bastando isso, o próprio advogado disse que a empresa tem colaborado para o crescimento do setor de criptomoedas. “Apenas 2% da população sabe o que é isso. Estamos contribuindo para o crescimento”.

Danter Silva, diretor de marketing; Leidimar Lopes, presidente; Fernando Lusvarghi, diretor jurídico; e Felipe Martins , assistente administrativo (Da E para D). (Foto: Reprodução/Youtube)

Legal, mas nem tanto

Apesar de muitas perguntas sobre a CVM e a investigação do MPF pela suspeita de esquema de pirâmide financeira, quase nada foi dito. O advogado Lusvarghi se limitou a afirmar que empresa está legalizada, “independente do pais que esteja”.

“Não existe o risco de ela acabar. Ela está legalizada para fazer o que ela faz”, disse.

Isso, contudo, não é o que a CVM comunicou em seu alerta aos investidores. O Portal do Bitcoin tem acompanhado o caso de perto e de acordo com o órgão regulador, a empresa e os seus representantes estão proibidos de captar clientes no Brasil.

A Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários (SMI), da CVM, suspendeu a oferta pública de ativos feitos pela empresa no Ato Declaratório nº 16.169, em março de 2018.

Mesmo assim, eles continuaram e continuam a operar. E, foi isso que levou o delegado da polícia civil de Crissiumal (RS), William Garcez, a fechar um dos escritórios que representa a Unick Forex.

Lopes disse, durante a Live, em sua defesa, que o “escritório fechado não era oficial da Unick Forex. Foi algo feito por um líder que queria alavancar suas vendas”.

Ele afirma que a empresa não tem qualquer envolvimento com isso, pois não tem um sistema de franquias, o qual somente será implementado nos próximos meses. “A responsabilidade da manutenção dos escritórios espalhados pelo Brasil que não são oficiais é dos seus líderes”.

A questão, contudo, é que o fechamento do escritório se deu pela falta de autorização da CVM para que a empresa em si operasse no mercado.

Imprensa sob pressão

Esses assuntos foram polemizados e a conta foi jogada para cima da imprensa, a qual foi acusada de fazer matérias inverídicas. Lopes disse que viu outro dia numa notícia dizendo que o escritório fechado pertencia a Unick Forex e que isso era uma mentira.

Ele ainda disse que as pessoas têm escrito “coisas contra a empresa sem qualquer fundamento e sem provas”. Danter Silva foi além e trouxe um tom ameaçador ao afirmar que:

“Se fizerem tudo de forma certa, não precisaremos ligar depois pedindo para retirar o post do ar”.


3xBit

Inovação e segurança. Troque suas criptomoedas na corretora que mais inova do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://3xbit.com.br

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.