BRASÍLIA  –  O Senado rejeitou nesta terça-feira uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que restringia a decisão individual de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e impunha prazos para julgamentos da Corte. Apenas 38 senadores votaram a favor da PEC, 11 a menos do que os 49 necessários para a aprovação de uma emenda constitucional na Casa comandada por Davi Alcolumbre (DEM-AP). Quinze parlamentares votaram contra. Com o resultado, a proposta será arquivada.

Fonte Oficial: Valor.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.