A Samsung se prepara para fechar sua última fábrica de smartphones na China, localizada na cidade de Huizhou. O principal motivo para a saída do país é a forte concorrência com empresas chinesas como a Xiaomi, a Huawei e a Oppo, que recebem mais incentivos do governo local.

Nenhuma informação oficial foi anunciada pela sul-coreana até o momento, mas especula-se que até setembro, a Huizhou Samsung deixe de funcionar. A Samsung já havia parado de contratar novos empregados no início do ano, e em junho foi noticiado que diversos funcionários estavam sendo demitidos da fábrica.

A fábrica foi criada em 1992 e começou a funcionar oficialmente no ano seguinte. Ela era a principal base de produção da Samsung na China. Em 2018, a fabricante de smartphones havia encerrado as atividades de outra fábrica, na cidade de Tianjin. Desde então a Huizhou Samsung passou a ser a última fábrica pertencente à empresa sul-coreana no país.

Não há qualquer informação sobre para quais países a Samsung deverá migrar a produção. Porém, a empresa possui bases fortes tanto na Índia quanto no Vietnam, o que  sugere que esses países podem receber parte desta produção.

Fonte Oficial: TecMundo.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.