Publicidade

A região Norte é onde há maior percentual de pessoas atuando em trabalhos voluntários no país, divulgou o IBGE nesta quarta-feira (7).

Segundo dados inéditos da Pnad Contínua, pesquisa domiciliar de abrangência nacional, 5,6% da população de 14 anos ou mais do Norte se voluntariou em 2016.

O instituto considera trabalho voluntário aquele realizado de forma não compulsória, por pelo menos uma hora na semana de referência da pesquisa, não remunerado e com fins de produzir bens ou prestar serviços a pessoas que não moram no mesmo domicílio.

O IBGE concluiu que o Brasil teve 6,5 milhões de trabalhadores voluntários no ano passado. Esse total representa 3,9% da população maior de 14 anos. As mulheres (4,6%) fazem mais voluntariado do que homens (3,1%). Mais velhos, de 50 anos ou mais, fazem mais voluntariado (4,6%) do que jovens de 14 a 24 anos (2,5%) e de 25 a 49 anos (4,1%).

Região Norte tem mais voluntariado – Realização de trabalho voluntário, por sexo, segundo as regiões, em %

O segunda região que mais teve voluntários no ano passado foi o Sul, com 5% da população. A maioria no Norte pode ser explicada pelo menor contingente populacional e também o trabalho de congregações religiosas e ONGs nas regiões mais pobres do país.

Pessoas ocupadas (4,2%) fazem mais trabalho voluntário do que desempregadas (3,6%). A média de horas semanais dedicadas ao voluntariado é de 6,7 horas.

Cada país aborda o assunto de uma forma. Não há uma estatística universal para medir o contingente de voluntários de cada nação. O desafio é mensurar a participação do trabalho voluntário no PIB. Há países, como os Estados Unidos, em que esse tipo de atividade é mais valorizada.

Relatório da ONU (Organização das Nações Unidas) de 2011 mostrou que os EUA registraram, em 2004, que 62,8 milhões de pessoas se voluntariam no país naquele ano. Em 2007, a Austrália estimou contingente de 52 milhões de pessoas nessa condição.

Em 2010, Bangadlesh estimou que 16,5 milhões de pessoas acima de 15 anos se voluntariaram no país. O contingente de voluntários nos países da União Européia foi estimado entre 92 e 94 milhões de pessoas. Não é possível comparar os números absolutos dos países por conta de cada nação ter seu modo de mensurar o volume de pessoas. Estudo da universidade americana Johns Hopkins mostrou que entre 1995 e 2000, voluntários em 36 países somaram 140 milhões. Se fosse uma nação àquela época, seria a nona mais populosa do mundo.

Fonte Oficial: UOL

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.

Comentários