Notícias

Aduana

Destruição de cigarros da Alfândega da Receita Federal em Mundo Novo/ MS nos primeiros meses de 2020 supera o valor de R$ 53 milhões.


publicado:
15/05/2020 13h12


última modificação:
15/05/2020 13h22

 A Alfândega da Receita Federal em Mundo Novo/MS realizou, em 14 de maio,  uma nova ação de destruição de cigarros apreendidos resultado das apreensões da Equipe de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho (EVR) e de órgãos de segurança situados na região de fronteira. 

A atividade envolveu o transporte, escolta e acompanhamento de toda a destruição dos cigarros que é realizada em uma empresa contratada, situada na cidade de Dourados/MS. A Alfândega contou com auxílio de motoristas de outras unidades da Receita Federal e com agentes da Polícia Federal e Força Nacional.

O contrabando de cigarros é uma atividade que financia organizações criminosas, prejudica à economia nacional e traz severos prejuízos a saúde da população. Somente nos últimos meses a EVR apreendeu mais de R$ 21,2 milhões em cigarros contrabandeados do Paraguai.

Mesmo durante a pandemia do Covid-19, os servidores da Receita Federal permanecem atuando com afinco na proteção das fronteiras do país.

Fonte Oficial: Receita Federal

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.