Órgão atua em conjunto com autoridade do Governo do Estado do Mato Grosso e grupo administrador do aeroporto para assegurar que as instalações tenham condições adequadas para prevenir ilícitos aduaneiros.


publicado:
04/12/2019 17h20


última modificação:
04/12/2019 17h44

A Receita Federal tem intensificado reuniões conjuntas com autoridades do Governo do Estado do Mato Grosso e com o grupo administrador do aeroporto Mal. Rondon em Cuiabá-MT visando dar celeridade ao processo de internacionalização daquela estrutura aeroportuária.

Os trabalhos tem como foco o cumprimento de exigências legais para permitir o trânsito de aeronaves, passageiros, bagagens e mercadorias procedentes ou com destino ao exterior.

A atuação da Receita Federal neste processo tem o propósito de assegurar que as instalações tenham condições adequadas para prevenir ilícitos e crimes como contrabando, tráfico de drogas, armas e de animais em extinção, terrorismo, pirataria e outros delitos possíveis relacionados ao trânsito de mercadorias e passageiros em aeroportos internacionais.

O compromisso e a responsabilidade em garantir níveis adequados de segurança dos viajantes e do território brasileiro, de qualidade e celeridade das atividades cotidianas do aeroporto no seu movimento com o exterior, contribuindo para melhor ambiente de negócios e da competitividade do país, são objetivos permanentes da Receita Federal do Brasil.

 

Fonte Oficial: Receita Federal

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.