Notícias

Aduana

A carga, procedente de Hong Kong, chegou no Aeroporto Internacional Afonso Pena na manhã do dia 24 de abril e foi liberada em poucas horas.


publicado:
28/04/2020 17h10


última modificação:
28/04/2020 17h18

A carga, de origem chinesa, era composta de 13 mil tubos de material molecular variado, mais especificamente, reagentes para diagnóstico molecular in vitro do Coronavírus e antígenos recombinantes usados em testes imunológicos para identificação de anticorpos contra SARS-CoV-2.

O importador utilizou das recentes atualizações na legislação aduaneira, diante da Pandemia da Covid-19, para obter a entrega antecipada das mercadorias.

O trabalho conjunto entre a Inspetoria da Receita Federal no Aeroporto Internacional Afonso Pena e a Equipe Regional de Despacho de Importação da Receita Federal na 9ª Região Fiscal permitiu que a carga, que chegou no aeroporto às 9h30 pudesse ser liberada às 16h30 do dia 24 de abril.

Fonte Oficial: Receita Federal

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.