Notícias

Aduana

A aeronave, segundo maior cargueiro do mundo, trazia 201 pallets com aproximadamente 6 milhões de unidades de máscaras faciais para a prevenção ao Covid-19.


publicado:
09/04/2020 17h00


última modificação:
09/04/2020 17h57

Na madrugada de quarta-feira, dia 08/04, a Receita Federal do Aeroporto Internacional de Brasília realizou a fiscalização da chegada do avião Antonov 124-100 com carga proveniente da China. A aeronave, segundo maior cargueiro do mundo, trazia 201 pallets com aproximadamente 6 milhões de unidades de máscaras faciais para a prevenção ao Covid-19.

O importador optou por remover a carga em trânsito aduaneiro para Goiânia para a realização do despacho de importação naquela cidade. Assim, as duas Unidades da Receita Federal (ALF/Brasília e DRF/Goiânia) foram mobilizadas para tratamento prioritário da operação.

A integração da equipe regional de despacho da 1ª RF possibilitou o procedimento expedito tanto no despacho para trânsito aduaneiro como no despacho de importação nesta importante operação de importação de bens destinados ao combate à pandemia Covid-19.

cargueiro2.JPG

Fonte Oficial: Receita Federal

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.