O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse nesta segunda-feira, 2, que o secretário especial de Produtividade e Emprego do Ministério da Economia, Carlos da Costa, está preparando ação judicial contra o presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Luiz Augusto Ferreira.

Ferreira disse ao Estadão/Broadcast ter sido pressionado pelo secretário para bancar o aluguel de salas em São Paulo sem necessidade. De acordo com o presidente da ABDI, o aluguel serviria para abrigar escritórios da secretaria e criaria um custo adicional de R$ 500 mil por ano à agência, que é mantida por meio de repasses de recursos do Sistema S. Mas não quis revelar que outros pedidos “não republicanos” teriam sido feitos pelo secretário. Segundo o porta-voz, o secretário Costa garante que fez apenas pedidos dentro da regularidade a seus subordinados.

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que ao menos um dos envolvidos deverá ser demitido. “Um dos dois ou os dois perderão a cabeça”. Segundo o porta-voz, o presidente Bolsonaro aguarda manifestação do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o caso.

Fonte Oficial: Isto É Dinheiro

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.