Clique para copiar

https://itforum365.com.br/pipefy-caminha-para-clube-dos-unicornios-com-aporte-de-us-45-milhoes/


Nascida em 2015 no Paraná e hoje atuante em mais de 150 países, a startup Pipefy vem abrindo caminho para ser um possível unicórnio. A startup tem vivido um crescimento de mais de 300% ao ano, e anunciou recentemente um aporte de US$ 45 milhões em rodada série B.

O aporte recebido foi liderado pelo fundo nova-iorquino Insight Partners. Participaram, também, a OpenView e Trinity Ventures, que já são investidores da empresa.

A Pipefy lida com uma plataforma de gestão baseada na metodologia Lean. A missão é tornar qualquer capaz de ter total de controle de gestão, em diversos setores. Eles citam benefícios como maior agilidade, eficiência aprimorada e resultados de alta qualidade.

Nossa visão é empoderar todos os executores dentro das organizações para que eles criem e implementem seus próprios fluxos de trabalho,” afirma Alessio Alionço, CEO da startup. Ele afirma ainda o desejo da empresa de levar a solução para mais empresas e gestores, ainda que não “precisem ter conhecimento técnico ou passar por treinamentos para aplicar a metodologia Lean.

RPA: eliminando a repetitividade

Com o mais recente aporte, equivalente a mais de R$ 170 milhões, a Pipefy soma desde sua fundação mais de US$ 65 milhões. O mais recente investimento será utilizado para o desenvolvimento contínuo do produto. Também, a companhia destaca a ampliação do acesso à metodologia Lean Management. O foco, em si, está em profissionais que gerenciam processos e fluxos de trabalho.

Jeff Lieberman, Diretor Geral do Insight Partners, afirma que a plataforma “que gera fluxos de trabalho eficientes para as empresas” foi o que incentivou o trabalho em conjunto com a Pipefy. Na visão de Dan Demmer, um dos sócios do fundo OpenView e membro do Conselho Administrativo da startup, é “fácil torcer para o Pipefy” graças, entre outros, “a paixão do seu fundador e CEO e a visão da empresa“.

A plataforma do Pipefy, implementando a metodologia Lean, reduz das equipes as tarefas manuais. Eles são reconhecidos por facilitar soluções RPA (Robotic Process Automation), automatizando tarefas repetitivas. Assim, a ideia é permitir aos colaboradores se concentrarem em tarefas de maior valor.

Hoje, o Pipefy revoluciona a gestão de fluxos de trabalho ao mesmo tempo que desenvolve o sistema operacional que será usado amanhã por empresas em expansão“, diz Karan Mehandru, sócio-geral da Trinity Ventures e membro do Conselho Administrativo do Pipefy.

Fonte Oficial: IT Forum 365

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.