A Petrobras perdeu disputa no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) e terá de pagar R$ 2,17 bilhões. A questão está na forma como são feitos os contratos de afretamento e prestação de serviços em plataformas. A estatal costuma fazer um contrato para afretamento e outro para a prestação de serviços de prospecção, perfuração e exploração. Como o contrato de afretamento não é tributado, a empresa aloca nesses acordos a maior parte do custo.

Fonte Oficial: Valor.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.