Os investimentos da Petrobras totalizaram US$ 2,587 bilhões no segundo trimestre de 2019, queda de 17,6% na comparação com os US$ 3,138 bilhões aportados em igual período do ano anterior. Ante os primeiros meses do ano, entretanto, o investimento representa alta de 9,9%. No balanço, a empresa diz que 76% do montante investido corresponde a aportes de capital e 24% a investimentos correntes.

Parte significativa ficou para o segmento de Exploração e Produção, cujos investimentos totalizaram US$ 2,1 bilhões no trimestre, crescimento de 6,9% na comparação com os três primeiros meses do ano. Segundo a empresa, eles foram concentrados sobretudo no desenvolvimento da produção de novos campos de petróleo no polo pré-sal da Bacia de Santos e na manutenção da produção nos campos maduros. Na comparação anual, entretanto, os investimentos recuaram 21,6% no setor.

Enquanto isso, o segmento de refino teve crescimento bastante significativo nos investimentos da estatal. O aporte subiu 22,5% no ano e 33,9% na comparação trimestral, para US$ 316 milhões.

A empresa explicou ainda que reduziu de US$ 16 bilhões para um intervalo entre US$ 10 e US$ 11 bilhões sua estimativa de investimento para 2019. “A nova projeção reflete as postergações de projetos, otimizações e a premissa de não mais considerar nos seus investimentos o pagamento das equalizações referentes à unitização de campos”, explicou a empresa, em balanço.

Fonte Oficial: EM.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.