Durante o evento Microsoft AI+Tour, em São Paulo, o CEO Satya Nadella listou temas como “confiança” e “segurança” como peças fundamentais do futuro. Para tal, Nadella diz estar trabalhando para tornar seu ecossistema o mais seguro possível, e crava que os usuários devem sempre ter o controle de seus dados. Em sua fala, Nadella também destacou regulamentações de uso de dados como a GDPR na Europa e a Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil.

A ação de governos foi um dos focos do diretor executivo. “Nós temos uma enorme oportunidade de gerar avanços em tecnologias digitais – e especificamente em IA – para empoderar cada pessoa e cada organização no Brasil a conquistar mais”, diz o empresário. Para Nadella, o estado, e não só as empresas, deve erguer sua própria “capacidade tecnológica”.

A Microsoft aproveitou o evento para divulgar pesquisa conduzida pela Fundação Getúlio Vargas sobre o impacto da introdução da inteligência artificial em mercados-chave no Brasil (em outras palavras, os setores do Agronegócio, Transporte e Comunicação, Óleo e Gás e Setor Público, que juntos representam 36,4% do PIB do país). A adoção de IA nestes setores, segundo a pesquisa, pode impulsionar a taxa de crescimento do PIB em até 6,43% no acumulado de 15 anos.

+ Facebook rompe regras da Apple com app que espiona atividade de usuários
+ Homens podem ser os mais atingidos pela era da automação
+ Entenda como o computador quântico vai mudar sua vida – e talvez até quebrar a internet

Além disso, a empresa firma parceria com SESI e SENAI para oferecer aos mais de 3 milhões de alunos da rede treinamento gratuito em IA. “Nós estamos comprometidos em assegurar que todos os brasileiros se beneficiem destes avanços”, diz Satya.

Fonte Oficial: GQ

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.