Empreendedor deve analisar, por exemplo, como a franqueadora se comportou ao longo da pandemia
(Arte: TUTU)

Ao abrir um negócio próprio, muitos optam por investir em uma franquia em razão das vantagens que o modelo oferece, como marca reconhecida pelo público, suporte na administração do negócio e parceria com fornecedores.

No entanto, vale ressaltar a necessidade de aprimorar o processo de pesquisa da franquia, por causa da pandemia causada pelo covid-19, e ir além de fatores como credibilidade da marca e histórico e satisfação dos franqueados.

Saiba mais sobre o tema
Nova Lei de Franquias garante mais segurança jurídica; entenda as mudanças
Franquia e negócio próprio: diferenças e desafios
Mercado de franquias cresce e traz oportunidades para empreender em negócios consolidados

O empreendedor deve analisar, por exemplo, como a franqueadora se comportou ao longo da pandemia, quais foram as soluções encontradas para lidar com as restrições de funcionamento e que tipo de apoio foi dado ao franqueado desde o início da crise.

Nesse sentido, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) elenca alguns pontos de atenção ao empreendedor.

Setor de atuação

As atividades ligadas ao setor de turismo, como hotelaria, transportes, entretenimento e bares e restaurantes, foram as que mais sofreram com a pandemia e a necessidade de implementação de medidas de isolamento social para evitar o contágio da doença – e provavelmente serão as que levarão mais tempo para se recuperarem. No setor varejista, o segmento de vestuário foi um dos mais atingidos, cuja retomada deve ser lenta e gradual.

Por outro lado, as atividades ligadas aos cuidados com o lar, como construção e decoração, destacaram-se. Com as famílias passando mais tempo em casa, os defeitos e as necessidades de reparo ficaram mais evidentes, além do home office, que exigiu adaptações em cômodos da casa. Com a taxa de juros baixa, o mercado imobiliário deve seguir aquecido nos próximos anos, uma vez que o setor aparece como uma boa alternativa de investimento.

Os dois exemplos citados contemplam análises de curto prazo, que é relevante para uma tomada de decisão imediata. De qualquer forma, é possível que o setor de hospedagem tenha bom desempenho no médio prazo, em decorrência das dificuldades para a realização de viagens internacionais no momento, ao mesmo tempo que as taxas de juros hoje baixas podem subir e reduzir o ímpeto no mercado imobiliário.

Inovação

Durante a pandemia, as vendas do comércio eletrônico e pelas redes sociais cresceram de maneira acelerada (e devem permanecer assim no longo prazo). Nesse sentido, fuja de franqueadores que apostem somente no modelo offline. Além do comércio eletrônico, alguns franqueadores promovem a integração entre os franqueados da rede, oferecendo o conceito de prateleira infinita, no qual caso não seja possível encontrar o produto na loja, o estoque de outro franqueado próximo pode ser consultado, atendendo à necessidade do cliente. Ainda há a opção de comprar online e retirar na loja mais próxima. Todas estas ferramentas podem alavancar as vendas e aumentar a lucratividade.

Parceria

O modelo de franquias é uma relação de parceria. Por isso, pesquise como a franqueadora conduz os negócios e se relaciona com os franqueados. Por exemplo: houve isenção no pagamento das taxas para quem não pôde funcionar? Quais foram as soluções encontradas pela franqueadora para reduzir os prejuízos? Existiu algum apoio ao franqueado na renegociação de contratos, como com fornecedores e aluguel?

Mudanças no ponto de venda

A pandemia deve provocar alterações nas estratégias em torno do formato do ponto de venda. Algumas franquias, por exemplo, podem migrar de shoppings para o comércio de rua ou criar parcerias com outras redes de franquias, com o objetivo de ocupar o mesmo espaço e dividir os custos de aluguel. Outro ponto que os franqueadores têm de lidar é com a competição entre os próprios franqueados. Nos contratos, normalmente há uma cláusula que define que não poderá haver a instalação de uma loja da rede em um raio de alguns quilômetros – como determinar a área de atuação considerando os serviços de delivery ou, nos casos de escolas, as ofertas de cursos online.

O que se pretende mostrar é que os últimos meses têm sido os mais desafiadores para os gestores de negócios tanto pelo enfrentamento da crise quanto pelas mudanças de hábito dos consumidores, que exigem respostas rápidas. Além disso, muitos empreendedores tiveram a franqueadora como guia e fonte de informações para a tomada de decisão. Nesse sentido, é importante saber como esta relação de parceria se comportou ao longo da pandemia.

 

Fonte Oficial: FecomercioSP

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.