Como posso gerir pessoas estando estrategicamente focado no alcance de resultados?

Por Ricardo Calil, gerente do Sebrae-SP

Listo abaixo duas práticas que podem fazer total diferença na gestão das pessoas de sua empresa:

Prática 1 – As pessoas devem ser colocadas nas posições corretas

Ter resultado com algo que não tenho afinidade é muito bom para mim pela meta alcançada, pois mostra superação e entrega. Porém, se eu conseguir que as pessoas sejam alocadas naquilo com que têm maior afinidade, o sofrimento da atividade é menor e, em condições similares, os resultados serão muito melhores.

Nós temos que cobrar as pessoas naquilo que elas são melhores. Ok, você pode cobrar o colaborador e muitas vezes necessitará fazer isso em atividades que ele não tem afinidade, porém tenha ciência de que ele dificilmente terá um desempenho acima da média.

Ambiente de trabalho em SP; para gerente do Sebrae, alocar funcionários no que eles têm maior afinidade traz mais resultados para a empresa

Prática 2 – O princípio 80/20

O princípio de Pareto, conhecido como regra do 80/20, afirma que, para muitos eventos, aproximadamente 80% dos efeitos vêm de 20% das causas. Se eu tenho um funcionário que em 20% do tempo me dá 80% do resultado de certa atividade, imagina se ele fizer a atividade durante 80% do tempo? Vai potencializar muito seus resultados e, consequentemente, os da empresa.

Em suma, colocar as pessoas em suas posições de trabalho corretas, estrategicamente, utilizando a regra 80/20, potencializar as atividades e as cobranças naquilo que elas são realmente boas podem trazer ganhos significativos dentro das empresas.

Com essas e outras práticas, planejar as pessoas estrategicamente deve ser a busca de todo o gestor que almeja alta performance em seus resultados.

Fonte Oficial: Estadão PME

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.