A nova versão do carro Tesla Roadster, o sedã da montadora de Elon Musk, terá propulsores em suas rodas para “flutuar” sobre as ruas, segundo publicação do executivo feita em seu perfil do Twitter na quarta-feira (9) à noite.

Questionado por seus seguidores sobre estar ou não falando a verdade sobre o plano, Musk respondeu: “Não estou. Ele usará um sistema da SpaceX de gás a frio com ar de alta pressão em um recipiente de pressão revestido no lugar dos dois assentos traseiros”, escreveu.

Musk ainda acrescentou que o carro será capaz de acelerar até “o limite da resistência humana”, ao percorrer 400 metros em apenas oito segundos.

LEIA TAMBÉM: Conheça o Tesla Roadster, o 1.º carro lançado no espaço

Essa não é a primeira vez que Musk comenta sobre essa característica do carro. Em junho de 2018, ele publicou também em seu Twitter que o novo Roadster incluiria 10 pequenos propulsores de foguetes adaptados para o carro. 

“Esses motores melhoram drasticamente a aceleração, velocidade máxima, frenagem e curvas. Talvez até façam o Tesla voar”, terminou.

Os planos da Tesla são de lançar um novo Roadster no mercado em 2020 como o carro de produção mais eficiente do mercado e também o mais rápido. A promessa é de que o carro poderá chegar a 100 km/h em 1,9 segundos. A versão de entrada do carro já pode ser reservada por US$ 200 mil.  

Também na quarta-feira (9), Musk anunciou que as versões mais baratas dos modelos X e S da Tesla deixarão de ser vendidos em breve.

Fonte Oficial: Gazeta do Povo

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.