O presidente Evo Morales reiterou neste sábado (26) o convite a países como Colômbia, Argentina, Brasil e Estados Unidos, a participarem de auditoria pedida à Organização dos Estados Americanos (OEA) do resultado das eleições gerais do último dia 20.

Morales pediu, por meio de sua conta no Twitter, que todas as atas fossem revistas e indicou que, se a auditoria provar que houve fraude, que seja realizado o segundo turno.

“Ouvimos as posições dos ministérios das Relações Exteriores da Colômbia, da Argentina, do Brasil e dos EUA. Convido esses e outros países a participarem da auditoria que propusemos. Que todas as atas sejam revistas. Se a fraude for comprovada na conclusão do processo, passamos para o segundo turno”, escreveu Morales, no Twitter.

O governo boliviano solicitou à OEA que realizasse uma auditoria das eleições gerais na Bolívia, com o objetivo de tornar transparentes os resultados dessas eleições.

O presidente Evo Morales, candidato do Movimento Socialismo Al (MAS), venceu as eleições gerais realizadas na Bolívia no último domingo (20), com 47,8% dos votos, de acordo com o cálculo oficial do Tribunal Supremo Eleitoral (TSE).

* Com informações da Agência Boliviana de Informações

Edição: Fernando Fraga

Fonte Oficial: Agência Brasil.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.