Publicação faz um passo a passo com dicas para melhorar a produtividade no home office, regime de trabalho que cresceu durante a quarentena
(Arte: TUTU)

O momento atual de pandemia (e queda no faturamento) exige do empresário total conhecimento das linhas de financiamento dos principais bancos públicos. O Microempreendedor Individual (MEI) é um dos públicos mais afetados com as regras de quarentena e o isolamento social e, por isso, precisa saber das carências, dos prazos, dos juros e dos documentos obrigatórios para obter crédito.

Essas explicações estão no boletim No Balcão de maio. A edição de número 25 traz uma tabela comparativa com as opções de crédito para MEI oferecidas pelos principais bancos públicos, como Banco do Brasil, Banco do Povo, Desenvolve SP e Caixa, além das linhas oferecidas pelo Sebrae.

Fique por dentro das novidades sobre o isolamento e saiba mais sobre a concessão de crédito:
Novo modelo de isolamento social permite a reabertura de comércios em determinadas regiões
Entenda como acessar linhas especiais de crédito durante a crise
Sancionado projeto de lei que cria linha de crédito para micros e pequenas empresas

Na seção “Pergunte ao consultor”, Thiago Carvalho, assessor econômico da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), orienta o que pode ser feito nos casos em que o fluxo de caixa despencou. Segundo ele, o primeiro passo está em identificar custos fixos e variáveis.

Outra mudança oriunda da pandemia é a expansão do home office. Por isso, diante das mudanças na rotina de muitos empregados e empregadores, No Balcão faz um passo a passo com dicas para melhorar a produtividade nesse regime de trabalho.

A publicação traz também uma entrevista com o fundador da holding de franquias SMZTO, José Carlos Semenzato, na qual ele indica caminhos para superar a crise. O empresário, que viu 60% das suas quase 2 mil lojas serem fechadas, fala do planejamento para superar as dificuldades impostas pela pandemia.

O boletim No Balcão é editado mensalmente pela FecomercioSP. Para acessar o conteúdo exclusivo para associados, basta se cadastrar aqui.

Fonte Oficial: FecomercioSP

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.