Bitcoin continua em forte crescimento (Foto: Shutterstock)

Mesmo tendo fechado 2018 em queda e próximo da mínima anual, a cotação do Bitcoin ainda é cerca de 400% maior do que a mínima de 2017.

Uma visão histórica das mínimas anuais revela os enormes ganhos de preço do Bitcoin desde o inicio da sua história e um possível aumento na quantidade de “holders”.

O Bitcoin fechou 2018 com uma queda de 70% em seu preço. No ano anterior, teve uma valorização de 1.300%.

2017 foi quando praticamente todas as criptomoedas atingiram suas máximas históricas. O BTC, criptoativo de maior relevância no mercado, teve sua máxima histórica em US$ 20.000, atingindo uma valor de mercado de mais de US$ 300 bilhões.

2018, por outro lado, foi um ano de um mercado em queda. Seu preço chegou a cair 82% quando atingiu a mínima anual de US$ 3.400, em dezembro

Enquanto todos parecem estar preocupados com a queda atual e quando o bitcoin voltará a atingir os patamares de preços de 2017, o usuário do Twitter @1stCrassCitizen, no entanto, adotou uma perspectiva diferente. Ele escreveu:

“Eu tenho dito isso há anos. Não olhe para o ATH, olhe para as mínimas anuais. Isso vai dizer-lhe o crescimento dos hodlers.

2012 – $ 4
2013 – $ 65
2014 – $ 200
2015 – $ 185
2016 – $ 365
2017 – $ 780
2018 – $ 3200

Isso indica o crescimento das pessoas que não vendem a qualquer preço.”

Desde que se tem registro dos preços, apenas em 2015 o BTC teve uma mínima anual inferior ao ano anterior. O Bitcoin caiu em 2018? Sim, mas sua mínima anual foi quatro vezes maior do que a mínima de 2017.

O exposto acima mostra que os investidores de longo prazo historicamente estão se saindo muito bem, apesar das quedas que o bitcoin sofreu nos últimos anos e em especial no ano passado.

Quem comprou em 2016 ou antes, independentemente de ter comprado na baixa ou alta, teve um retorno superior a 1000% em dólar.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.