A agência de notícias Reuters diz que a cervejaria japonesa Asahi Group está comprando o negócio de cerveja britânico da Fuller, Smith & Turner, aproveitando a oportunidade para ampliar seu alcance no exterior, enquanto outras empresas lutam contra a crescente incerteza sobre o Brexit. A compra, no valor de US$ 327 milhões, incluindo dívidas, eleva a presença britânica da Asahi, acrescentando a London Pride Ale, a Frontier Lager e a Cornish Orchards às suas marcas Asahi Super Dry, Peroni Nastro Azzurro e Meantime.

As ações da Fuller subiram 21%, seu maior nível desde 2017, após o movimento da Asahi. As empresas japonesas investiram mais de 46 bilhões de libras (US$ 59 bilhões) na Grã-Bretanha, encorajadas por sucessivos governos britânicos desde que Margaret Thatcher prometeu-lhes uma base favorável para negociar em toda a Europa, o que torna-se totalmente incerto com o Brexit.

A Asahi planeja continuar as operações na Griffin Brewery em Chiswick, Londres, onde a cerveja é fabricada desde 1654, enquanto um acordo de fornecimento de longo prazo e uma aliança estratégica entre as empresas permitirão que os pubs da Fuller continuem a vender sua cerveja. É comum que as cervejarias inglesas mantenham redes de pubs para escoar seus produtos.

O mercado global de cervejas, dominado por grandes empresas como a Anheuser-Busch InBev e a Heineken tem sido desafiado ultimamente pela ascensão de cervejas artesanais independentes e mudanças nos gostos dos consumidores, que favorecem o vinho e as bebidas destiladas. “Esta transação é inesperada, mas bem-vinda”, disse Anna Banfather, analista da Liberum. A Asahi disse que a incorporação a seu portfólio das marcas da Fuller fortalece sua posição como líder em cerveja premium, e que usaria sua pegada global para ampliá-las em todo o mundo.

Fonte Oficial: Isto É Dinheiro

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.