O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou alta nas sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV), na passagem de junho para julho deste ano. O maior avanço foi observado em Recife: 0,81 ponto percentual, ao passar de uma deflação (queda de preços) de 0,27% em junho para uma inflação de 0,54% em julho.

Em seguida, aparece a cidade de Brasília, com uma alta de 0,70 ponto percentual, ao passar de uma deflação de 0,35% para uma inflação de 0,35% no período pesquisado.

As outras capitais registraram as seguintes altas: Porto Alegre (0,36 ponto percentual, ao passar de -0,16% para 0,20%), São Paulo (0,32 ponto percentual, ao passar de 0,09% para 0,41%), Belo Horizonte (0,14 ponto percentual, ao passar de 0,22% para 0,36%), Rio de Janeiro (0,20 ponto percentual, ao passar de 0,03% para 0,23%) e Salvador (0,09 ponto percentual, ao passar de 0,04% para 0,13%).

A média nacional do IPC-S avançou 0,33 ponto percentual no período, ao passar de uma deflação de 0,02% em junho para uma inflação de 0,31% em julho.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte Oficial: Agência Brasil.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.