A empresa de comércio exterior que afretou quatro graneleiros iranianos, que estão sem combustível suficiente para deixar o Brasil, considera que não há alternativas viáveis e seguras para o abastecimento das embarcações, já que o fornecimento é monopólio da Petrobras. A estatal se negou a fornecer o bunker sob a …

Fonte Oficial: Revista Portuária

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.