O Canadá afirmou nesta sexta-feira que os Estados Unidos apresentaram provas suficientes para prosseguir com a audiência de extradição de um alto executivo da gigante chinesa de tecnologia Huawei.

A decisão vem em resposta a um pedido formal de Washington no final de janeiro para a extradição de Meng Wanzhou, diretor financeiro da companhia. Promotores americanos acusaram Meng e a Huawei de violarem as sanções dos EUA ao Irã.

Meng negou ter cometido erros e está lutando contra a extradição. A Huawei afirmou que segue a lei em todos os países onde opera. Fonte: Dow Jones Newswires.

Fonte Oficial: Exame.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.