Empresa percebeu o aumento da venda em canais de vizinhança, como os mercados de bairro
(Arte: TUTU)

A marca de sorvetes Häagen-Dazs, controlada pela americana General Mills, estreitou a parceria com os varejistas e ampliou o atendimento em canais relevantes para o consumidor durante a pandemia. Essa e outras estratégias usadas pela empresa são contadas no episódio publicado nesta sexta-feira (10) do Mercado & Perspectivas, uma iniciativa da FecomercioSP.

Fique por dentro da história de outras empresas durante a pandemia:
Logística urbana não estava preparada para o avanço do e-commerce; ouça
Waze se recupera aos poucos após queda drástica em viagens
Carrefour vê interesse crescente do consumidor em comprar pelo e-commerce

“Temos uma ampla base de distribuição nos supermercadistas e percebemos o crescimento do e-commerce nos varejistas e nas plataformas como Ifood e Rappi, com os quais fizemos parcerias para ter mais disponibilidade de produtos. Ainda direcionamos nossa comunicação para novos hábitos que o consumidor passou a reportar, como o de consumir mais produtos em casa”, afirma a gerente de marketing da General Mills, Priscila Pizano.

Ela destaca que, durante o período de isolamento, a empresa percebeu o aumento da venda em canais de vizinhança, como os mercados de bairro, comportamento que deve permanecer mesmo após a retomada total das atividades nas cidades. Na entrevista, Priscila fala ainda sobre as perspectivas para o ano que vem e sobre as boas práticas que tem observado no mercado.

Ouça o podcast:

O conteúdo também está disponível no Spotify e no Apple Podcasts.

 

Fonte Oficial: FecomercioSP

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.