O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o secretário de Desestatização, Salim Mattar, está debruçado em um programa de privatização que “virá com força” no ano que vem. “É o Salim em grande estilo”, disse o ministro no 10º Fórum Liberdade e Democracia, em Belo Horizonte, no qual proferiu a palestra de encerramento na noite desta segunda-feira.

O ministro, porém, não deu detalhes do processo de privatizações. Ao comentar as perspectivas para os próximos meses, Guedes garantiu que virá uma reforma do saneamento, com o apoio do BNDES. “O BNDES vai ser de saneamento”, afirmou. “Em vez de financiar campeão nacional, o BNDES tinha de estar dando dinheiro para o saneamento”, continuou.

Na sua fala, que durou mais de uma hora, Guedes ressaltou outros feitos econômicos. Ao comentar sobre os efeitos das reformas, ele comemorou a redução dos juros no Brasil. “Os juros estão descendo, estão em 5,5%. E vão continuar descendo”, opinou.

Ele citou ainda conversas sobre acordos comerciais com os Estados Unidos, o Canadá e a Coreia do Sul.

Guedes falou ainda de outras mudanças na administração federal, não somente na área econômica. “O governo diminuiu criminalidade. O desmatamento está abaixo da média dos últimos 15 anos”, disse.

Fonte Oficial: Isto É Dinheiro

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.