Rob, Alice e Jim Walton, membros da família que controla o Walmart || Créditos: Reprodução

A fortuna da família mais rica do mundo aumentou a um ritmo de US$ 70 mil (R$ 278,9 mil) por minuto, US$ 4 milhões (R$ 15,9 milhões) por hora e US$ 100 milhões (R$ 398,4 milhões) por dia ao longo do último ano. A conta é da agência de notícias econômicas americana “Bloomberg”, que acaba de divulgar a lista com as famílias mais ricas do planeta, e os sortudos em questão são os Waltons, donos da rede varejista Walmart e cuja riqueza somada chega a impressionantes US$ 190,5 bilhões (R$ 758,9 bilhões).

O Top 5 dos clãs mais ricos é composto ainda pelos Mars’, donos da empresa de guloseimas que leva seu sobrenome (e que fabrica os chocolates M&Ms) e de uma patrimônio combinado de US$ 126,5 bilhões (R$ 504 bilhões), seguidos pelos Kochs (industriais, com fortuna de US$ 124,5 bilhões/R$ 496 bilhões), os Al Sauds (a família real atualmente no poder na Arábia Saudita, com US$ 100 bilhões/R$ 398,4 bilhões), e os Wertheimers, donos da Chanel, com seus US$ 57,6 bilhões (R$ 229,5 bilhões).

Segundo a “Bloomberg”, o fato de que hoje em dia há muito mais bilionários “self made” por aí do que membros do clube dos 10 dígitos que simplesmente herdaram suas fortunas não impediu que esse segundo grupo se destacasse no intervalo de 12 meses entre agosto de 2018 e agosto desse ano, já que nesse período específico os 25 maiores representantes dessa turma ficaram nada menos que US$ 250 bilhões (R$ 996 bilhões) ainda mais ricos. (Por Anderson Antunes)

Fonte Oficial: Glamurama

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.