A Rebel, fintech brasileira de crédito pessoal, recebeu um aporte de US$ 10 milhões (cerca de R$ 42 milhões) liderado pelos fundos de investimentos Monashees e Fintech Collective. Recentemente, a empresa captou R$ 167 milhões através da emissão de títulos de dívida.

De acordo com a Reuters, a startup irá utilizar o aporte para investir em tecnologia e aumentar a base de clientes. Criada em 2017, a Rebel oferece empréstimo pessoal com taxas de juros competitivas.

A empresa utiliza inteligência artificial e machine learning para analisar riscos e precificar uma solicitação em crédito em minutos. Em 2018, a Rebel captou R$ 16,6 milhões através de debêntures e US$ 4 milhões (cerca de R$ 16,8 milhões) liderado pela XP Asset Management, Point Break Capital, Monashees e JMalucelli.

Os empréstimos possibilitados pela Rebel vão de R$ 1 mil a R$ 25 mil e são realizados de forma totalmente online. A empresa foi uma das escolhidas para a lista das “100 Startups to Watch” em 2019.

Fonte Oficial: StartSe

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.