Em pleno feriado da Consciência Negra, dentro do Estádio do Vasco em São Januário, primeiro clube a abrir as portas aos negros no futebol, o goleiro Hugo Souza, do Flamengo, diz ter sido vítima de uma ofensa racial.

“Na verdade, eu não consegui identificar. Foi mais de uma vez”, afirmou o jogador.

O grito de “macaco”, segundo Hugo, aconteceu no final da decisão do Campeonato Carioca, disputado por Flamengo e Vasco, em São Januário.

“É inadmissível, inacreditável. Por que o Vasco é uma grande equipe”, disse.

O Vasco ainda não se posicionou oficialmente e deve aguardar a súmula do árbitro. 

A partida terminou empatada em 1 a 1, mas como o Flamengo tinha vencido o primeiro jogo, sagrou-se bicampeão carioca sub-20. O time carioca também está na final do Brasileirão da categoria contra o Palmeiras.

 

Fonte Oficial: Isto É Dinheiro

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.