Para o ex-modelo e ator Rômulo Estrela, a caracterização é o primeiro passo na boa construção de um personagem. Em ‘Bom Sucesso’, da TV Globo, e neste ensaio, ele opina sobre moda, escolha de looks e estilo de penteado

por aline vessoni fotos maurício nahas styling cuca ellias

Com o frio em São Paulo beirando 15 graus, o ator Rômulo Estrela chegou ao estúdio para a sessão fotográfica que decora estas páginas com bem mais roupa do que costuma vestir para interpretar o bon-vivant Marcos, de ‘Bom Sucesso’, a atual novela das 7 da TV Globo. Em evidência apenas o que é comum entre realidade e ficção: o charme e a simpatia que Estrela empresta ao personagem. Maquiagem pronta, no camarim, opinou com propriedade sobre cada um dos looks de cena. “Eu sou apaixonado por moda, porque vai muito além de apenas vestir uma roupa que é tendência e que todo mundo usa: é uma ferramenta para que eu me posicione. A forma como você se apresenta diz muito sobre quem você é e o que você quer comunicar”, explica o ator, para quem o mundo fashion foi um marco zero, já que o start em sua carreira artística se deu em desfiles para marcas locais da sua São Luís, a capital do Maranhão.

Talvez venha daí a participação efetiva do ator na caracterização de seus personagens. Depois da concepção ditada pelo figurinista, Estrela diz que gosta de dar seus pitacos durante as provas de roupas. “Se conseguir somar, ótimo. Todo mundo ganha, afinal, é um trabalho coletivo”, revela. Foi ele quem deu a ideia de que seu personagem Marcos tivesse sempre alguns botões da camisa abertos. “Fico muito ligado no figurino, o que usar e até mesmo o corte de cabelo, bem como o quanto se tira ou não olheira, se é para usar ou não barba, tudo isso me ajuda muito a compor o personagem.”

Outro item importante nesse aspecto é o preparo físico. Para os seus dois últimos personagens na televisão – Afonso de ‘Deus Salve o Rei’ e o atual Marcos de ‘Bom Sucesso’ – o ator foi de um extremo ao outro. Em 2018, a trama se passava na Europa medieval e os personagens encobertos dos pés à cabeça. Então ele aproveitou para fugir da academia e curtir o filho Theo. “Sorte que eu não precisava ter tônus muscular nenhum. Já para o Marcos, que mora na praia, quando li a descrição da primeira cena, ‘um cara que sai do mar carregando um arpão em uma mão e peixes na outra’, já soube que a rotina seria bem diferente”, conta ele, que encara a musculação três vezes por semana, quiropraxia e, recentemente, voltou aos treinos de jiu-jítsu.

Corta para a primeira bateria de fotos. Vestindo um look clássico, camisa e gravata, Estrela, à vontade, dançou ao som dos Rolling Stones. A partir daí, já não se sabia mais quem emprestava charme a quem, se ele a Marcos ou, ao contrário, se Marcos a ele.

 

Fonte Oficial: Glamurama

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.