A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a implantação e exploração de usinas solares fotovoltaicas e eólicas sob o regime de produção independente de energia elétrica, com prazo de outorga de 35 anos.

Da fonte eólica, a autorização foi para os parques Caetité E e Caetité F, que somam 75MV de capacidade instalada no município de mesmo nome, localizado no estado da Bahia.

No Ceará, as autorizações foram para as usinas fotovoltaicas Panati 1 a Panati 6, com 30 MW cada, e Sitiá 1 e Sitiá 2, com 25 MQ cada. As usinas da SER (Sistemas de Energia Renovável) estão instaladas na cidade de Jaguaretama.

Além disso, foram autorizadas, sob o mesmo regime, a instalação das usinas solares fotovoltaicas Cristalina I e Cristalina II, com 50 MW cada. Os empreendimentos estão sendo construídos pela Enercom – Goiás Geração Energia, na cidade de Cristilina (GO).

Mais investimentos em energia

A Central de Geração de Vapor e Energia da Innova S/A, inaugurada neste ano de 2021 no Rio Grande do Sul, compreende três caldeiras e dois geradores, com capacidade para processar 486.000 toneladas/ano de biomassa, gerando 1.445.000 toneladas/ano de vapor e 263.000 MWh/ano de energia elétrica. Batizada de Projeto Acácia, inaugura um círculo virtuoso para produtores gaúchos da cadeia florestal num raio de 200 quilômetros, fornecendo a biomassa que substitui as fontes fósseis (carvão mineral e óleo combustível) até então usados pelo fornecedor de vapor. A tecnologia adotada permite ainda, como opção, a operação com gás natural.

Fonte: MegaWhat

Comentários