Dólar subiu para R$ 5,23, com alta de 1,76%
(Arte/Tutu) 

Nesta terça-feira (16), o Comitê de Política Monetária (Copom), do Banco Central, deu início à reunião na qual deve reduzir a taxa básica de juros da economia, a Selic, em 0,75 ponto porcentual (p.p.). A decisão, que deve levar os juros básicos a 2,25% ao ano (a.a.), será divulgada na quarta-feira (17). Com essa expectativa de queda, o dólar registrou alta de 1,76%, chegando a R$ 5,23. No cenário internacional, destaque para o pacote de US$ 1 trilhão que o governo americano cogita liberar para obras de infraestrutura.

Saiba mais no podcast Economix:

O programa também está disponível no Spotify e no Apple Podcast.

Ouça também
Mercado aprova indicação de Bruno Funchal à Secretaria do Tesouro
Escolha de novo ministro das Comunicações sinaliza reaproximação do governo com o Congresso
PIB global deve cair pelo menos 6% em 2020, indica OCDE

Faça parte

Se você tem interesse na melhoria do ambiente de negócios para que a sua empresa possa crescer, conheça melhor a FecomercioSP. Você pode se tornar um associado e ter acesso a conteúdos e serviços exclusivos, além de descontos em eventos e outros benefícios.

Fonte Oficial: FecomercioSP

Comentários

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.