dólar comercial fechou em queda de 0,55%, a R$ 3,741 na venda, após duas altas seguidas. Apesar do recuo, a moeda norte-americana encerrou a semana com valorização de 1,01%.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, se refere ao dólar comercial. Para turistas, o valor sempre é maior.

Reforma da Previdência

O mercado aguardava o início da tramitação da reforma da Previdência proposta pelo governo Bolsonaro. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), disse que o governo ainda não tem os votos necessários para aprovar o texto, mas que há um sentimento favorável na Casa.

Se por um lado há ânimo no mercado pelo teor da reforma, “duro” em termos fiscais, por outro há preocupação ligada à capacidade de articulação política do governo, crucial para reunir os votos necessários.

O mercado considera que reformar o sistema de aposentadorias é crucial para melhorar a situação das contas públicas e a economia do país.

Cenário externo

Os mercados estavam sob a expectativa do resultado das negociações ocorridas em uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o principal negociador da China para tentar encerrar a guerra comercial. 

Trump disse que existe “uma chance muito boa de haver um acordo” e que qualquer prorrogação do prazo para o fim das negociações não deve ser longa. O prazo para aumento das tarifas dos EUA caso os países não cheguem a um acordo está previsto para 1º de março.

O governo dos EUA afirmou que a equipe chinesa concordou em continuar com as conversas por mais dois dias. 

Atuação do BC

O Banco Central vendeu 10,33 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares. Assim rolou US$ 8,264 bilhões dos US$ 9,811 bilhões que vencem em março. 

(Com Reuters)

Entenda como funciona o câmbio do dólar

UOL Notícias

Fonte Oficial: UOL

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.