O número de caixas eletrônicos (ATM) de bitcoin e criptomoedas em todo o mundo dobrou nos últimos 12 meses. Agora já são mais de 4.000 os pontos de troca de moeda fiduciária por criptoativos em quase 80 países, segundo dados do Coin Atm Radar.

Apesar das quedas nos preços da maioria das criptomoedas, este número equivale a seis novos dispositivos instalados todos os dias, de acordo com outra plataforma de dados, a Data Light.

A plataforma observou que as empresas que instalam essas máquinas foram mais ativas nos primeiros meses de 2018, quando os valores de mercado da maioria das criptomoedas foram significativamente maiores.

A Data Light mostra 4.051 enquanto a Coin Atm Radar aponta, no momento de fechamento dessa matéria, 4088 ATMs em 76 países. No entanto, a duas registram uma marca acima de 4.000 pontos.

(Fonte: Coin Atm Radar)

Isso sem contar com uma parceira a plataforma de venda de bitcoin LibertyX e a fabricante de caixas eletrônicos (ATM) Genmega que logo pode permitir a compra da criptomoedas por meio de cartão de débito em milhares de pontos dos Estados Unidos.

A maioria dos novos dispositivos suporta várias moedas importantes além do bitcoin (BTC), como litecoin (LTC), aceito em pelo menos 2400 pontos e ethereum (ETH), em mais de 1900.

O número de máquinas que oferecem bitcoin cash (BCH) já chegou a 1.356. Outros criptoativos também já têm transações garantidas.

A Ripple (XRP) está em 729 terminais, Monero (XMR) em 120, Dogecoin (DOGE) já pode ser trocado por fiat em 79 dispositivos e zcash (ZEC) em 67 ATMs.

Desde o início de 2014, em apenas um mês teve mais fechamento do que implantação de ATM no mundo. Isso aconteceu em novembro de 2015, conforme mostra o gráfico da Data Light.

O mês em que mais foram implantados novos equipamentos foi abril deste ano, quando 257 novos dispositivos ficaram à disposição da comunidade de criptomoedas.

Outra fonte, a Statista, diz que o número de caixas eletrônicos que suportam criptomoedas aumentou de pouco mais de 500 em janeiro de 2016 para 4.036 em dezembro de 2018.

A plataforma apontou que o maior número de caixas eletrônicos foram implantados nos Estados Unidos — cerca de 70% estão localizados na América do Norte.

A plataforma observou, também, que existem dois tipos de terminais: as máquinas básicas somente para compra, e as mais avançadas, que  permitem compra e venda.

Os dois maiores fabricantes de caixas eletrônicos de bitcoin são a Genesis Coin e a General Bytes.

Segundo os autores do estudo, estas empresas controlam cerca de 33% e 29% do mercado, respectivamente, conforme dados de setembro deste ano.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

Fonte Oficial: Portal do Bitcoin

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.