O Museu da Imagem e do Som apresenta a exposição Nhandepa que lança o Instituto de mesmo nome – criado em colaboração com lideranças Guaranis de São Paulo para o fortalecimento da cultura Huni Kuin da região do Alto Envira (no Acre) e preservação de sua história. A mostra que abre no próximo dia 15 tem curadoria do antropólogo Milton Guran e de Monica Maia, da DOC Galeria, e contará com a presença da pajé Same Putumi, fundadora da ONG.

Instituto Nhandepa (Foto: Danilo Arenas / Divulgação)

+ Conheça Kunumi MC, o primeiro índio rapper solo do Brasil

Danilo Arenas fotografou a aldeia de Same em 2016; dois anos depois, Vanessa Rosa, em imersão, elaborou projetos com a liderança indígena explorando conexões entre os desenhos geométricos Huni Kuin (abaixo).

Pintura que faz parte de instalação imersiva (Foto: Vanessa Rosa / Divulgação)

A exposição vai até 3 de março e conta ainda com a exibição do documentário Huni Kuin: Os Últimos Guardiões. Veja o trailer abaixo:

Nhandepa é a união de Nhanderu divindade Guarani (do sudeste do Brasil), com Epa Kuxipa, divindade Huni Kuin (da Amazônia Ocidental).

NHANDEPA – Mostra fotográfica, exibição de documentário, instalação imersiva, roda de conversa e workshop de projeção mapeada
De 15/02 a 03/03 (exceto dia 18/02)
MIS – Museu da Imagem e do Som – Av. Europa, 158 – Jd. Europa
Tel.: [11] 2117-4777
Entrada Gratuita

Fonte Oficial: GQ

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.