Taxa básica de juros permanece, há alguns meses, em 2% ao ano
(Arte/Tutu)

O Banco Central (BC) tenta amenizar os alertas do mercado a respeito de uma alta da inflação nos próximos meses e da pressão para que eleve a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 2% ao ano (a.a.). É importante entender o que isso representa para 2021, sobretudo em razão da movimentação dos investidores em meio a uma segunda onda de covid-19 que atinge a Europa e, ainda, a um agravamento do cenário pandêmico nos Estados Unidos (EUA). 

Economix desta sexta-feira (20) avalia as chances de uma inflação crescente no Brasil; traz uma análise sobre a expectativa frustrada dos mercados por uma vacina pronta antes de novos surtos de covid-19 em países desenvolvidos; além disso, examina a economia chinesa e seu poder geopolítico em meio a diversos desequilíbrios. 

O programa também está disponível no Spotify e no Apple Podcasts.

Ouça mais podcasts da FecomercioSP
O que está por trás da alta do dólar em 2020?
Pressão inflacionária acende alerta para alta de juros
Risco de descumprimento do teto de gastos causa insegurança e dúvidas sobre Renda Cidadã

 

Fonte Oficial: FecomercioSP

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.