Com a inflação caminhando para ficar abaixo da meta oficial pelo terceiro ano consecutivo, atividade ainda fraca e as principais economias prevendo novo ciclo de corte de juros, analistas ouvidos pelo Valor acreditam que, na reunião da próxima semana, o Copom vai cortar a taxa Selic de 6,5% para 6% ao ano. A aprovação da reforma da Previdência em primeiro turno na Câmara também foi citada como um fator positivo que favorece a redução dos juros. Entre 48 economistas, 44 esperam redução, sendo que 25 apostam em corte de 0,5 ponto percentual. O Bank of America, por exemplo, já projeta Selic em 4,75% em dezembro.

Fonte Oficial: Valor.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.