Clique para copiar

https://www.itforum365.com.br/como-empreender-com-pequenos-reparos-de-celular/


Não importa se ele é um cobiçado Xiaomi Mi 9T, um extravagante Sony Ericsson Black Diamond, um badaladíssimo iPhone 11 Pro, ou mesmo aquele tipo que nem mesmo parece um telefone (pois “só faz” ligar e atender chamadas).

Não importa! O certo é que em algum momento das suas vidas eles irão apresentar algum defeito. E só no Brasil já são mais de 280 milhões desses aparelhinhos que você só terá que ficar daí, torcendo para que deem defeito, para que então você possa pôr em prática as suas habilidades.

O negócio de reparos e consertos de celulares parece ser um daqueles segmentos que não dão o braço a torcer, especialmente quando 80% das profissões conhecidas atualmente já encontram-se com os seus dias contados – não mais do que 20 anos é o tempo de sobrevida desses segmentos.

Mas nesse negócio é preciso ter habilidade para recuperar ou trocar displays, placas e baterias, fazer limpeza, realizar soldagens de peças, entre outros reparos que podem custar de R$30, 00 a R$800,00 e lhe proporcionar uma renda mensal que geralmente varia entre R$3.000,00 e R$8.000,00.

O negócio de reparos de celulares

Para a montagem de um assistência técnica de celulares será preciso adquirir equipamentos e ferramentas como chaves, pinças, cuba limpadora de ultrassom, espátulas, displays novos, baterias, cabo flat, fonte de alimentação digital, entre outros materiais que formam o básico de uma assistência técnica.

Esses materiais podem ser adquiridos sob encomenda (após o orçamento com o cliente), mas é sempre bom ter um arsenal de peças disponíveis para uma emergência.

Empresas como Multicell (distribuidora), Parcell, Maxell, entre outras, estão entre as fornecedoras mais recomendadas por profissionais. Mas você terá que conhecer as melhores da sua região; e que sejam mais acessíveis.

O próximo passo será a decisão por alugar, comprar ou trabalhar em sua própria residência. E a última opção costuma ser a mais indicada.

Mas, caso more em um local afastado, aí não tem jeito, terá que alugar um ponto comercial, de preferência na região central da sua cidade ou em um bairro bastante populoso.

E não precisa nem lembrar que antes de tudo isso será necessário especializar-se, preferencialmente em um desses prestigiados cursos do SENAC – que ainda são os mais indicados.

Ou então utilizar a velha técnica de trabalhar por um tempo como um bom profissional e extrair dele os “segredos” e artimanhas do negócio de consertos e reparos de celulares.

A formalização do negócio

Para a formalização do negócio será necessário realizar os seguintes procedimentos: registrar a empresa na Junta Comercial do seu estado, contratar um contador, adquirir um CNPJ, registrá-la na Secretaria da Fazenda e solicitar o Alvará de Funcionamento.

Além de outros procedimentos que  podem ser caros ou trabalhosos; mas é o que lhe dará a segurança necessária para iniciar as suas atividades sem riscos.

Mas não hesite em investir em qualificação; e saiba que o primeiro ano da empresa será apenas para estabelecê-la no mercado, investindo todas as suas forças para que comece a obter lucro após o 2º ano, quando o famoso “boca a boca” começar a produzir resultados, espalhando a sua fama pelos quatro cantos do mundo.

E, no mais, é trabalho duro, pensamento positivo e o prazer em executar uma das funções mais requisitadas e lucrativas dentre todas as que compõem esse altamente técnico e exigente segmento da eletrônica.

Fonte Oficial: IT Forum 365

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.