Alinhamento, balanceamento, calibragem e conferência da profundidade dos sulcos estão entre os principais itens de verificação

A Goodyear, uma das maiores fabricantes de pneus do mundo e companhia que completa 100 anos de Brasil, recomenda que o motorista verifique antes de viajar o estado de conservação dos pneus e dos principais itens do automóvel. Os pneus merecem uma atenção especial, pois eles são o principal contato do veículo com o solo. Entre as principais premissas que a Goodyear recomenda estão a calibragem, com a pressão correta indicada pelo fabricante do veículo, a verificação do indicador de desgaste da banda de rodagem, a conferência do alinhamento e, por fim, o balanceamento.

A pressão de ar é um dos fatores críticos que afetam o desgaste do componente e, consequentemente, sua durabilidade. O motorista deve calibrá-los de acordo com o indicado no manual do fabricante ou nas etiquetas estrategicamente colocadas nas laterais das portas ou na tampa de abastecimento do tanque de combustível. Outro item que deve ser checado é o estepe.
Também é mandatório ficar atento às condições dos pneus. Quando a profundidade dos sulcos for inferior a 1,6 mm, eles devem ser substituídos. Para ver se chegaram a esse ponto, há indicadores nos sulcos, identificados por um triângulo na lateral. Vale lembrar ainda que, na chuva, é primordial dirigir de forma segura, reduzindo a velocidade para evitar o risco de aquaplanagem.

O alinhamento é um serviço importante e deve ser feito quando o motorista sente dificuldades em conduzir o carro em linha reta. O desgaste irregular dos pneus também é outro indício de que o veículo não está corretamente alinhado. O procedimento é executado medindo e ajustando os ângulos em que as rodas do veículo fazem em relação ao piso e às linhas de centro do veículo, equilibrando todas as forças que atuam no carro.

Já o balanceamento envolve uma análise do pneu e da roda. O procedimento consiste em equilibrar as forças geradas pelo conjunto em rotação. Geralmente quando não há balanceamento, ocorrem trepidações no volante em velocidades acima de 60 km/h, gerando deterioração do pneu e comprometimento da capacidade de frenagem. A recomendação da Goodyear é que o alinhamento e o balanceamento sejam feitos a cada cinco mil quilômetros ou a cada seis meses.

Assessoria de Imprensa

 

Fonte Oficial: Cargo News

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.