SÃO PAULO  –  Com a melhora da percepção de risco Brasil, os investidores globais de dívida estão aceitando prêmios cada vez menores nas negociações de ativos locais no exterior. Isso acabou reduzindo o custo de captação das companhias brasileiras no mercado internacional para os níveis de 2014, quando o país ainda mantinha o selo de bom pagador. Apesar do ambiente externo favorável, contudo, as empresas devem continuar priorizando o mercado local para financiar suas operações.

Fonte Oficial: Valor.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.