Os principais índices acionários europeus fecharam em queda nesta terça-feira, em meio a um clima de renovada cautela de investidores após a forte liquidação da semana passada. Após se recuperar parcialmente na sessão de ontem, o índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em baixa de 0,53%, aos 370,94 pontos.

Preocupações a respeito de sinais de inflação e da alta dos juros nos Estados Unidos continuam rodeando os mercados acionários. Para analistas, a forte recuperação da economia global e os resultados trimestrais positivos das empresas deve continuar a dar suporte aos índices acionários. A recuperação do mercado, no entanto, continua a ser desigual.

“Existe suficiente impulso econômico, mas a volatilidade irá persistir por, no mínimo, cinco semanas”, afirmou Eric Freedman , diretor de pesquisa econômica do U.S. Bank Wealth Management.

Os índices também refletiram a queda dos preços do petróleo, que foi pressionado por um relatório da Agência Internacional de Energia (AIE) mostrando um forte crescimento da produção norte-americana este ano. O movimento deve levar a oferta mundial a ultrapassar a demanda em 2018, disse o documento.

Em Londres, o índice FTSE-100 encerrou em queda de 0,13%, aos 7.168,01 pontos. Em Paris, o CAC-40 caiu 0,60%, aos 5.109,24, na mínima do dia.

Em Frankfurt, o DAX teve baixa de 0,70%, aos 12.196,50 pontos. Em Milão, o TFSE-Mib cedeu 1,35%, aos 22.034,42 pontos.

Em Madri, o Ibex-35 recuou 1,08%, aos 9.669,60 pontos. Em Lisboa, o PSI-20 registrou queda de 0,15%, aos 5.365,45 pontos. (Marcelo Osakabe, com informações da Dow Jones Newswires)

Fonte Oficial: Jornal do Comércio

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.

Comentários