Kiyoshi Kimura, da rede Sushizanmai, pagou o dobro da marca de 2013

O dono de uma rede japonesa de restaurantes estabeleceu um novo recorde neste sábado ao pagar mais de US$ 3 milhões por um atum azul no primeiro leilão do ano no novo mercado de peixe de Tóquio, superando um recorde de 2013. Kiyoshi Kimura, dono da rede Sushizanmai, pagou 333,6 milhões de ienes (US$ 3,1 milhões) pelo peixe de 278 quilos capturado na costa da província de Aomori, no norte do Japão, ou o dobro do que havia pago seis anos atrás.

LEIA MAIS: Descubra quais são os itens alimentícios mais caros já leiloados

“O atum parece tão saboroso e muito fresco, mas acho que paguei muito”, disse Kimura a repórteres do lado de fora do mercado. “Eu esperava que fosse entre 30 milhões e 50 milhões de ienes, ou 60 milhões de ienes no máximo, mas acabou cinco vezes mais.”

O evento de sábado foi o primeiro leilão de Ano Novo do mercado de Toyosu, depois que o famoso mercado de peixe de Tsukiji fechou no ano passado para servir de estacionamento temporário para a Olimpíada de 2020 em Tóquio.

Kimura pagou o maior preço pago por um único peixe no leilão do ano novo por seis anos consecutivos até 2017, mas no ano passado o proprietário de uma cadeia diferente de restaurantes pagou o preço mais alto. Após o leilão, o peixe foi levado a um dos ramos de Sushizanmai, localizado no antigo mercado de Tsukiji.

O atum é valorizado em todo o mundo por seu uso em sushi, mas especialistas alertam que a crescente demanda tornou a espécie ameaçada de extinção.


Baixe o app na Play Store ou na App Store.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil (copyright@forbes.com.br).

Fonte Oficial: Forbes.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.