A startup brasileira idwall, que desenvolve soluções automatizadas de validação de identidade e prevenção de fraudes, está contratando 69 profissionais para as suas áreas de engenharia e produtos. A startup tem atualmente cerca de 100 funcionários e 200 empresas clientes.

“A força de trabalho da idwall é quase toda de pessoas com competências técnicas muito forte. A gente contrata engenheiros e profissionais relacionados ao desenvolvimento de produto, já que nosso negócio é tecnologia”, diz Lincoln Ando, co-fundador da idwall.

Criada em 2016 por Lincoln e Raphael Melo, a startup é uma regtech especializada em tecnologias para a validação de identidade. Suas soluções utilizam recursos como reconhecimento facial, análise de dados e machine learning para agilizar verificações.

Veja aqui como se candidatar para uma das vagas.

A ideia, segundo a empresa, é “usar a tecnologia para construir relações de confiança”. Assim, a idwall permite a verificação de identidade de colaboradores ou clientes de empresas como a Loggi e 99; a companhia de aluguel de carros Movida; e o Banco Original. No portfólio de clientes da startup também estão a empresa de pagamentos Cielo e a OLX.

As contratações acontecem depois da idwall anunciar, na quarta-feira (23) o investimento de R$ 40 milhões, liderado pela Qualcomm Ventures, braço de investimento em inovação e empreendedorismo da Qualcomm, seguido por ONEVC, Canary, Monashees e Grupo Globo.

No ano passado, a idwall recebeu R$ 9 milhões em uma rodada de financiamento dos fundos brasileiros Canary e Monashees e que também contou com a participação do Mercado Livre.

Conheça as duas próximas conferências da StartSe para quem quer redefinir o futuro:

Inteligência Aritificial Conference

Silicon Valley Conference

Fonte Oficial: StartSe

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.