A aliança global do Volkswagen Group com a Ford Motor Company, anunciada em janeiro passado, já começa a render frutos. A marca alemã planeja investir US$ 1,7 bilhão (R$ 6,3 bilhões, na conversão atual) para o desenvolvimento de carros autônomos da fabricante norte-americana, informou o Wall Street Journal.

O aporte se daria por meio de uma joint venture com a Argo AI, startup da Ford especializada em inteligência artificial, fundada em 2016 em Pittsburgh (EUA) por dois engenheiros, um da Google e outro do Uber

As duas empresas teriam participação igualitária na Argo. A VW investiria inicialmente US$ 600 milhões (R$ 2,2 bilhões) e outros US$ 1,1 bilhão (R$ 4,1 bilhões) ao logo do tempo como capital de giro para pesquisa e desenvolvimento. A Ford, por sua vez, já aplicou US$ 1 bilhão (R$ 3,7 bilhão) na aquisição da companhia.

>> Maioria das pessoas acredita que carros autônomos serão comuns, e se preocupa com isso

As montadoras já informaram anteriormente que as discussões entre elas convergiam para que a Ford licenciasse a arquitetura modular de carros elétricos da VW.

É cada vez mais comum a indústria automobilística recorrer a alianças com outras marcas do setor e até mesmo com empresas especializadas para investir em carros elétricos e autônomos.

>> A tecnologia que coloca as startups na corrida pelo carro autônomo

A própria Volkswagen mantém um relacionamento nesta área com a Apple e, segundo informações de bastidores, estaria em avançado estágio de desenvolvimento de vans customizadas. A saber se esta proximidade com a Argo poderia afetar os negócios entre a montador alemã e a gigante norte-americana da tecnologia.

>> Marcas precisam de carros rentáveis para não fechar fábrica ou ameaçar ir embora

Audi, subsidiária do Grupo VW, conta com uma startup de tecnologia automotiva autônoma chamada Autonomous Intelligent Driving (Condução Inteligente Autônoma).

Já a Honda informou no ano passado que injetaria US$ 2,75 bilhões (R$ 10,2 bilhões) na Cruise Automation, subsidiária autônoma da General Motors.

O primeiro passo da cooperação envolvendo negócios de VWFord será dado com a produção de veículos comerciais leves, como vans utilitárias e picapes médias, em alguns mercados globais, que não incluem os EUA. 

>> SUV da Tesla que “se recusa” a capotar é primeiro a ter nota máxima em segurança

À Ford caberia o desenvolvimento de uma picape média para as duas marcas, além de vans comercias grandes. A nova geração geração da Ranger, por exemplo, fará surgir a nova Amarok, com produção na Argentina. 

Volks, por sua vez, desenvolverá e produzirá uma van urbana. Os primeiros modelos da aliança chegarão ao mercado a partir de 2022.

SIGA O AUTO DA GAZETA NO INSTAGRA

Visualizar esta foto no Instagram.

CIDADES QUE VENDERÃO O LEAF A Nissan já definiu as primeiras cidades a receberem o Leaf , carro 100% elétrico que está entre os mais vendidos no mundo e já pode ser adquirido em pré-venda por R$ 178,4 mil. E só clicar no hotsite oficial (loja.nissan.com.br/pt/) e efetuar a reserva com sinal de R$ 5 mil. O modelo estreia nas lojas na virada do semestre, mas entre junho e julho estará disponível para test drive em São Paulo (Carrera e Fuji), Rio de Janeiro (San Diego – Barra), Brasília (Gran Premier), Curitiba (Barigui), Florianópolis (Globo) e Porto Alegre (Iesa). Serão as únicas a comercializar o carro neste primeiro momento. O Leaf é equipado com um motor elétrico de 110 kWh, equivalente a 149 cv e que entrega fortes 32,6 kgfm de torque – similar ao do Audi A4 2.0 TSFI. O zero a 100 km/h do hatch médio é feito em 7,9 segundos, mais rápido que Chevrolet Cruze 1.4 turbo (24,6 kgfm/ 9s), VW Golf 1.4 turbo (25,6 kgfm/ 9,1 s) e Ford Focus 2.0 (22,5 kgfm/ 9,2 s). A bateria de 40 kWh é capaz de segurar uma carga por até 389 km no ciclo urbano, graças ao sistema de regeneração de energia durante as frenagens. E também à tecnologia e-Pedal, que possibilita acelerar e frear usando apenas o pedal da direita. Ao tirar o pé do acelerador, o carro diminui a velocidade gradativamente até parar totalmente. #nissanleaf #carroeletrico #zeroemissao #hatch #carroverde #carropremium #carros #automoveis #gazetadopovo #instcar #cargram 📷#renytrovao 📷#nissanbrasil

Uma publicação compartilhada por Automóveis Gazeta do Povo (@autogazetadopovo) em

Fonte Oficial: Gazeta do Povo

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.