Notícias

Aduana

A destruição ocorreu no dia 7/12 na região metropolitana de Belo Horizonte


publicado:
17/12/2018 09h06


última modificação:
17/12/2018 09h10

Entre leilões, doações e destruição de mercadorias, a depender do tipo e origem do produto, são diversas as destinações que os produtos apreendidos pela Receita Federal podem ter. Os produtos que oferecem riscos à sociedade são destruídos, já os que são úteis são leiloados ou doados às instituições de interesse público.
Em 7 de dezembro foram destruídas 22 toneladas de cigarros pela Alfândega da Receita Federal em Belo Horizonte. A equipe da ALF/BHE foi escoltada por forças da DEOESP – Polícia Civil/MG e do Exército Brasileiro.
Ao todo, já foram destruídas mais de 55 toneladas de cigarros pela Alfândega de Belo Horizonte neste ano.

Fonte Oficial: Receita Federal

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.