Notícias

Apreensão

A droga, estimada em R$ 32 milhões, estava inserida em um carregamento de bananas com destino à Europa


publicado:
25/06/2019 10h59


última modificação:
25/06/2019 14h16

A Alfândega da Receita Federal no Porto de Suape frustrou na sexta-feira (21), véspera de São João, a tentativa de envio ao exterior de mais de 800 kg de cocaína, dentro de um carregamento de bananas que seguiria para a Bélgica. Os tabletes da droga, estimados em R$ 32 milhões de reais, podendo chegar a valores de comercialização ainda mais elevados nos mercados europeus, estavam envoltos com borra de café, que serve para despistar os cães farejadores.

 Essa foi a maior apreensão de cocaína já realizada no porto de Suape, decorrente de fiscalização rotineira de contêineres que deixam o país e foi realizada graças a utilização do escâner de raio x. Segundo o delegado da Alfândega da Receita Federal em Recife, “é possível que os traficantes tenha escolhido esta data, véspera de feriado, por acreditarem que a fiscalização seria reduzida. Contudo, as atividades de fiscalização são realizadas em tempo integral, independente de datas comemorativas”.

Fonte Oficial: Receita Federal

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.