O presidente da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás), Augusto Salomon, elogiou o anúncio do “Novo Mercado de Gás”, feito nesta terça-feira, 23, pelo governo. Segundo a entidade, as medidas “irão quebrar o monopólio existente em grande parte da cadeia de gás natural, estimulando a concorrência na oferta e o acesso de novos agentes à infraestrutura essencial”.

Em nota, a Abegás afirma que a iniciativa vai viabilizar o mercado livre do insumo e redução dos custos, além de atrair investimentos e gerar empregos. “A Abegás espera que todo esse processo leve em consideração o pleno respeito aos contratos de concessão já firmados, preservando a segurança jurídica e garantindo a previsibilidade indispensável para que as concessionárias – elo fundamental na cadeia produtiva – possam continuar a exercer seu papel de desenvolver a demanda”, diz a entidade.

A associação chama atenção também para os governos estaduais, destacando que possuem competência para desenvolver a regulação adequada para o trabalho das agências que vão fiscalizar a atuação dos distribuidores.

Fonte Oficial: EM.

Comentários/Comments

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do VIP CEO.